fbpx

POLICIAIS FEDERAIS SE MOBILIZAM CONTRA DESMONTE DA SAGURANÇA PÚBLICA

0

Servidores da segurança pública realizam, na segunda-feira (22/3), uma mobilização em todo o país em frente a cada uma de suas unidades de trabalho.

Em Santa Catarina, o Sinpofesc, demais entidades representativas dos servidores da PF se reuniram junto aos policiais em segurança e respeitando as medidas de proteção contra a Covid-19 . A mobilização ocorreu em frente à Superintendência Regional, em Florianópolis, e delegacias de vários municípios.

A manifestação foi idealizada pela União dos Policiais do Brasil (UPB), que congrega mais de 20 entidades representativas de carreiras da segurança pública, e teve duração de uma hora, das 15h às 16h, simultaneamente em todos os Estados.

O objetivo foi chamar atenção da sociedade e das autoridades para os inúmeros retrocessos que a categoria vem sofrendo com seguidas propostas do governo federal contra os servidores públicos.

Dentre os retrocessos estão perdas de direitos e prerrogativas, que começaram na Reforma da Previdência, passaram pela Lei Complementar 173 e, mais recentemente, com a EC Emergencial. Agora, se avizinha mais uma proposta cheia de riscos para o serviço público: a Reforma Administrativa.

A proposta prevê, entre outros pontos, diversos prejuizos e riscos para as carreiras da segurança pública como o fim da estabilidade, a adoção do vínculo de experiência e a possibilidade de criação e extinção de cargos de chefia por decreto. Tais medidas, se implementadas, implicam em risco para a independência da atuação dos profissionais de segurança pública, assim como das instituições como órgão de estado e não de governo.

Os profissionais de segurança pública prometem novos atos caso o Executivo e o Congresso não se reunam com as entidades para avaliar os pontos que atingem o setor. 

Compartilhar.

Deixe uma resposta